segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Inaccuracies of the current vice president and chief evangelist Goggle Vinto Gray Cert

Inverdades do atual vice-presidente e evangelista chefe do Goggle Vinto Gray Cert

Dr. Gilson Lima
Pesquisador de Acessibilidade CNPQ-Ortobras.
gilima@gmail.com

Em entrevista recente Vinto Gray CERF (vice-Presidente Goggle) com seus 70 anos de estrada e muitas contribuições inegáveis para o universo da tecnologia digital é, claramente, um matemático criativo da velha escola de Stanford (a mesma dos criadores do google), mas infelizmente o google o apresenta equivocadamente como como o criador do protocolo que permitiu a invenção da Internet.
Segundo – eles- além de afirmarem que o protocolo IP foi criado em 1974 por Cerf, também afirmam Nessa mesma entrevista afirmam que ele foi essa invenção que permitiu a invenção da Internet. 
Entrevista: Revista INFO - Exame. Setembro 2013. Página 22-24. A wikipedia o apresenta como um dos pais da Internet. Qualidades individuais a parte de Cert isso é realmente um exagero.

Vinto Gray CERF
Primeiro: O TCP-IP não foi criado em 1974. A Internet começou a nascer na década de 60, muito antes disso, no auge da Guerra Fria, quando o Departamento de Defesa americano imaginou uma maneira de proteger o sistema de comunicações em caso de ataque nuclear soviético, pois as estações de rádio, de televisão e telefônicas são os primeiros alvos de um bombardeio. Em 1964, um pesquisador chamado Paul Baran projetou uma rede de computadores que não tinha uma central de controle de informações. A rede continuaria funcionando mesmo se algumas de suas partes fossem atingidas. As mensagens eram divididas em pacotes e enviadas em partes, para aumentar a segurança. No entanto, em 1969 o TCP/IP foi desenvolvido no U.S. Departament of Defense Advanced Research Projects Agency como um recurso para um projeto experimental chamado de ARPANET (Advanced Research Project Agency Network) para preencher a necessidade de comunicação entre uma grande quantidade de sistemas de computadores e várias organizações militares dispersas. O objetivo do projeto era disponibilizar links (vínculos) de comunicação com alta velocidade, utilizando redes de comutação de pacotes. O protocolo deveria ser capaz de identificar e encontrar a melhor rota possível entre dois sites(locais), além de ser capaz de procurar rotas alternativas para chegar ao destino, caso qualquer uma das rotas tivesse sido destruída. 

Tim Berners-Lee
Segundo: a base para a Internet  ser essa ampla rede mundial - e até mesmo para o Google existir -   não foi apenas o protocolo TCP-IP, mas a fantástica cultura da Interface para amadores a WWW criada por Tim Berners-Lee.  O pântano da Internet, com suas páginas negras tomadas por caracteres e instruções numéricas complicadas, começou a virar um jardim colorido acessado por clicks de mouses e links quando Tim Berners-Lee, esse criativo pesquisador do CERN (Centro Europeu de Pesquisa Nuclear), cansou-se de ter que acessar um computador diferente cada vez que usava um dos serviços da Internet. Em 1989, ele criou um programa e integrava todos os sistemas em hipertexto (conjunto de textos separados, mas integrados logicamente), e o batizou de WWW (World Wide Web, ou teia mundial). Foi um grande passo. A “teia” deixou o ambiente mais bonito. Procurar informação na Internet ficou muito mais prático. Os programadores nunca pensaram muito em beleza e acessibilidade para uma amplo público amador na Internet antes da WWW e a teia mundial, mudou isso. Com programa e equipamento apropriados, você assiste a um show dos Stones ou vê fotos do espaço. A teia usa recursos de multimídia em hiperlink o surf eletrônico. 

Nenhum comentário:

DIA DO SOCIÓLOGO: um adeus a velha sociologia!

Oi leitor com hermenêutica de profundidade. Coisa rara! Alguém interessado em uma leitura densa? Alguém querendo entender a crise atual do c...

Mais Lidas