PÁGINAS

terça-feira, 5 de abril de 2016

Impeachment e o retrocesso com a ORTODOXIA LIBERAL NA ECONOMIA

CHEGA. Vamos separar a refundação da política brasileira, da Economia do Presente de olho no futuro da inovação. Por que o novo é novo? Perguntou o filósofo. Respondeu: Porque até ontem não sabíamos que ele existia.

Faça algo diferente. Parem de pensar em débito e crédito. Em números estáticos e indicadores esclerosados das agências de classificação. Todo mundo sabe que é mentira... Reoriente sua percepção. Pensar de modo complexo é mais difícil porque tudo o que é mais difícil é o melhor do que o mais fácil.
Meu maior receio ao Impeachment é que a ORTODOXIA LIBERAL NA ECONOMIA vai deitar e rolar. Já está difícil dialogar com a esquerda e seus comparsas. Imagine só com a Ortodoxia.
Bobagem à ideia de que existe um mercado inovador contra um Estado burocrático. Ou o Estado inova ou não existe inovação. É assim no mundo inteiro.  É UM DOGMA DA ortodoxia essa  ideologia da divisão do trabalho inovador.  Vejam o Estado empreendedor dos Estados Unidos; O Estado por trás do iPhone; Empurrão e empurrãozinho para a revolução industrial verde; A  Energia eólica e solar: histórias de sucesso do governo e tecnologia em crise (quem fez e como?) O mercado????
Nossos banqueiros não investem ha anos. Comparem com  o sistema financeiro mundial de ponta (aqui só querem juros e cassino).  Quem vai financiar a sociedade evoluída e simbiótica? O mercado (esses nossos daqui?)
O Estado Brasileiro tem o melhor capital humano (mais escolarizado, mais intelectualizado), anos luz da fatia média que encontramos na iniciativa privada. Todo jovem sabe que só os que mais estudam passam em concursos para todo tipo de atividade da mais simples a mais complexa e abstrata.  No Estado temos um grande capital humano para inovação do Futuro. Vejam o que já ocorre em algumas instituições como a Polícia Federal e várias outras que estão se despontando com inovações...
Não serão as maças pobres que nos darão ecossistemas simbióticos.
Bobagem à imensidão de nosso déficit público. Piada. Comparem com Estados Unidos. Com Europa.
Desastre também essa política rasteira distributivista, populista sem consequência de longo prazo.

Precisamos de um Estado Empreendedor.  Precisamos de Tecnologia, inovação e crescimento. Precisamos evoluir, não desenvolver.  Para isso precisamos de um Estado arrojado que “manda ver!

GILSON LIMA. 
"O que em mim sente está pensando" (Fernando pessoa)
Dr. Pesquisador. Inventor. Músico. Professor Universitário. Porto Alegre.
BLOG http://glolima.blogspot.com/


Para saber mais:
O Estado Empreendedor: Desmascarando o Mito do Setor Público vs. O Setor Privado. Mariana Mazzucato
http://www.buscape.com.br/o-estado-empreendedor-mariana-mazzucato-8582850034